O local conta com estradas e ciclovias, playgrounds, mirantes e academia a céu aberto para exercícios. Há também um coração de metal onde casais aproveitam para renovar seus votos

Sem dúvida um dos locais mais tradicionais e parte da história de Ciudad del Este é o Lago da República, localizado a cerca de 800 metros do centro comercial. É um espelho artificial criado a partir de represamento do fluxo de Amambay, que serve como um reservatório, onde tanto Empresa de Servicios Sanitarios del Paraguay (Essap) como a Binacional Itaipu extraem a água para atender a demanda de um setor da população.

É cercada por uma vegetação densa e bonita que faz com que seja um verdadeiro pulmão da cidade, o que garante oxigênio puro à comunidade após um árduo dia de trabalho. Por toda a beleza natural que a rodeia, é um ponto de referência para quem habita a região.

Entre 2014 e 2016, melhorias foram feitas na infraestrutura, adicionando estradas e ciclovias, playgrounds, mirantes e academia a céu aberto para exercícios, que permitem aos cidadãos aproveitar esse espaço de forma mais confortável. No lado norte há dois anos foi inaugurado um anfiteatro, que também permite a realização de atividades culturais.

Na barragem de contenção, onde atravessa a Avenida Concejal Romero, há uma obra do artista plástico Marcelo Chaparro (Juma Chago), chamado Candado del amor. A obra foi colocada no fim do ano passado. É um coração de metal trabalhado, aonde os casais vão e selam seu compromisso de amor.

Para o coração, o casal coloca um cadeado como forma de simbolizar seu amor, escrevendo no objeto de metal o nome ou as iniciais dos membros e, uma vez fechado, a chave é lançada para simbolizar o amor inquebrável.

No local há uma placa com esta inscrição: “Dar a alguém todo o seu amor nunca é certo que eles vão amá-lo de volta, mas não espere que eles o amem de volta, apenas espere o amor crescer no coração da outra pessoa, mas se não crescer, seja feliz porque cresceu no seu”. Ele acrescenta: “Há coisas que você gostaria de ouvir, que você nunca ouviria da pessoa que gostaria de ouvir de você, mas não seja tão surdo para ouvi-las daquele que as diz do seu coração”.

Jornal Última Hora

Edi Brachtvogel Boschi

Editora, jornalista e repórter do Jornal Parceiros Net. Autora do Hino do município de Serranópolis do Iguaçu.