Maxim Shemetov/Reuters


Os carros da Fórmula 1 passaram por algumas mudanças em 2019 para facilitar as ultrapassagens, como o aumento e a simplificação das asas. Isso serviu para diminuir a turbulência quando um carro tenta seguir o outro de perto e, depois de quatro etapas disputadas, os pilotos relatam que o efeito é positivo. Existe um subproduto dessas mudanças: as ultrapassagens ficaram fáceis demais em pistas nas quais as zonas de DRS (dispositivo que diminui a resistência ao ar quando ativado para dar mais velocidade ao piloto que está atrás nas disputas por posição) são mais longas. Uma das mudanças de 2019 foi o aumento em 20mm da abertura do DRS.

Fonte UOL