Um preso custodiado na Penitenciaria Estadual de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, estava comandando o tráfico de drogas no Bairro Floresta, em Cascavel, no Oeste do Paraná. Ele seria auxiliado diretamente por sua esposa, responsável pelo repasse de informações e pela arrecadação dos valores provenientes da venda de entorpecentes.

A descoberta foi feita pela Polícia Civil do Paraná (PCPR), que está nas ruas, na manhã desta sexta-feira (31), para deflagrar a operação “Dasos”, sobre o tráfico de drogas.

Cerca de 90 policiais civis participam da operação, com o objetivo de cumprir 12 mandados de prisão preventiva e 13 mandados de busca e apreensão em Cascavel e na região metropolitana de Curitiba. As ordens judiciais foram expedidas pela 3ª Vara Criminal de Cascavel.

O grupo investigado com o comando do preso em Piraquara era bastante organizado, estabelecendo, inclusive, “escalas de plantão” para a venda de drogas nos pontos que dominavam.

Além disso, atuava visando o ingresso de drogas em estabelecimentos prisionais no município.

Anteriormente, durante a fase de investigação, quatro integrantes da organização criminosa já foram presos em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e receptação. Com eles houve a apreensão de cocaína e maconha.

Dasos

A operação foi denominada “Dasos”, pois é a palavra grega para “Floresta”, nome do bairro onde a atuação do grupo criminoso se concentra em Cascavel.

A delegada-chefe da Subdivisão Policial de Cascavel, Mariana Viera, e o delegado Thiago Teixeira irão apresentar o resultado da operação e fornecer detalhes da investigação para a imprensa nesta sexta-feira.

Banda B

Edi Brachtvogel Boschi

Editora, jornalista e repórter do Jornal Parceiros Net. Autora do Hino do município de Serranópolis do Iguaçu.

Anúncio