Manifestação na Audiência (1) - PN News

Nesta terça-feira, 01 de Outubro, foi realizada uma Audiência Pública no Fórum de São Miguel do Iguaçu com o objetivo de debater sobre a possibilidade de instalação de uma Casa de Custódia nos arredores do município.

A audiência foi conduzida pelo Juiz Titular da Vara e Diretor do Fórum, Dr. Ferdinando Scremin Neto e pelo Promotor de Justiça da Comarca, Dr. Pedro Gabriel Hayashi Almeida Machado.

Durante a reunião, várias autoridades que estavam presentes tiveram a oportunidade de apresentar os respectivos posicionamentos, mas foi observado que alguns desses posicionamentos estão sendo embasados em lados políticos.

Anúncio

A princípio, temos três tendências:

  • Pessoas contra
  • Pessoas a favor
  • Pessoas neutras

É possível observar que boa parte da população que não é favorável ou contrária, está indecisa quanto ao próprio posicionamento e ainda estão considerando os pontos positivos e negativos para poder formar sua própria opinião.

Considerando essa parcela de pessoas, reunimos alguns motivos favoráveis expostos na audiência que foram baseado nos motivos contrários à instalação da Casa de Custódia:

Reduz o número de bandidos e aumenta o número de policiais: A Casa de Custódia vai trazer mais segurança para a cidade, pois os presos da cadeia local serão transferidos para a zona rural, possibilitando assim, maior número de policiais nas ruas.

A Casa de Custódia substituirá as cadeias da região oeste reunindo os presos que já estão encarcerados em apenas um local.

Os familiares dos presos já residem na região, portanto não haverá mais movimento como mencionado por alguns entrevistados.

A verba para a construção já está carimbada, ou seja, é verba específica para a construção da Casa de Custódia não podendo ser utilizada em outra área.

A casa de custódia possuirá consultórios médicos e ambulatórios próprios, os casos que forem mais graves vão para o Complexo Médico Penal em Pinhais.

Haverá um alto desenvolvimento para a cidade: durante a construção, serão gerados empregos e posteriormente terão outras vagas à disposição. O funcionário que vier de fora para trabalhar na Casa possivelmente residirá em São Miguel do Iguaçu, logo, haverá um grande desenvolvimento econômico.

Confira as fotos da audiência e manifestação:

Redação PN News