O Heptacampeão de Fórmula 1, Michael Schumacher, foi levado à Paris (França) para realizar um tratamento “secreto”. Fontes indicam que este tratamento é experimental, ou seja, não há garantia de que melhorarão seu quadro de saúde. As informações acerca das condições de saúde do ex-piloto são mantidas em sigilo pela família, desde o acidente que o deixou em coma em 29 de dezembro 2013.

De acordo com o jornal francês “Le Parisien” o tratamento foi aplicado pelo especialista cardiovascular Philippe Menasché, que é pioneiro no uso de células tronco para tratamento de doenças cardíacas.

Webmaster

PN News - O seu portal de notícias